Pastor é preso por exigir relações sexuais com fiel de 20 anos em troca da ‘salvação’

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um homem que atuou como pastor há sete anos, identificado como Márcio Cabral Conceição, foi preso em Goiânia (GO) suspeito de violação sexual mediante fraude contra uma fiel de 20 anos. Ele cometeu os crimes em “nome de Deus” e com a justificativa de que a vítima teria a “salvação”.

ADVERTISEMENT

De acordo com a delegada Amanda Menuci Petelinkar, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), ele se apresentava como ministro de estudos bíblicos e, durante encontros, começou a usar estratégias para convencer a vítima de que sua salvação espiritual dependia dele.

“O suspeito e a vítima tinham uma relação de confiança. Inclusive, ele sabia detalhes da vida dela. Sabia que ela já havia sofrido abuso sexual na infância, e usou dessa confiança para coagi-la”, relatou a delegada, em depoimento ao G1.

Em janeiro deste ano, a vítima foi coagida a ir a um motel com o pastor, mas percebeu que estava sendo negada e não quis mais repetir o encontro. Foi quando Márcio Cabral passou a ameaçar a vítima e a família dela até ela tomar coragem e denunciá-lo para a polícia.

Em mensagens divulgadas pela polícia, o homem ameaçava e dizia que era o “sr dos exércitos”, “o criador dos céus e da terra”. Ele também dizia que todos que o rejeitavam eram “inimigos”.

Conforme as investigações, o marido da mulher chegou a participar de estudos bíblicos, mas depois foi proibido.

Imagem mostra mensagens divulgadas pela polícia - Metrópoles

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!