Pastor do Santa Etelvina estupra enteada e diz que é pra família receber bênçãos de Deus

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um pastor de 57 anos estuprava a própria enteada e usava a ‘palavra’ de Deus para justificar o crime. Ele foi preso nesta sexta-feira (31), no bairro Santo Etelvina, zona Norte de Manaus.

ADVERTISEMENT

De acordo com Joyce Coelho, delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), na época do crime tinha 14 anos. O crime ocorreu em abril de 2015, no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus.

A mãe da vítima acordou de madrugada e não viu o pastor na cama ao procura-lo o encontrou no quarto da filha a estuprando. A mulher fugiu de casa com a filha e foi até a delegacia.

No local a vítima contou para a polícia que essa não era a primeira vez que era abusada, e que além de ser ameaçada, o pastor ainda usava a religião para manipulá-la, ele dizia que através dos estupros a família receberia muitas bençãos.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável e será encaminhado para audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Leia Também

plugins premium WordPress
Verified by MonsterInsights