Pai defende a filha e mata o ex-genro com golpe na cabeça e internet comemora

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um homem não identificado confessou à filha que matou Igor Leonardo Alves, de 26 anos, ex-companheiro dela, com um golpe de facão na cabeça. O ex-sogro teria cometido o crime para defender a filha, que sofria ameaças e era agredida.

O crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (11), em Barreiro, Belo Horizonte. Segundo a polícia, sempre que bebia e usava drogas, a vítima se exaltava e ia atrás da jovem, que mora na casa dos fundos dos pais.

O relacionamento acabou há dois anos, mas Igor foi de novo na residência. Ela tentou acalmá-lo, mas ele estaria transtornado e o ex-sogro foi atrás dele, o acertando com um facão na cabeça.

Policiais militares levaram Igor para a UPA, mas ele não resistiu aos ferimentos. O ex-sogro não foi localizado, mas confirmou o crime durante ligação para a filha.

Na internet o caso gerou bastante repercussão e foi comemorado. “Eu faria o mesmo por uma filha, parabéns a esse pai”, disse um internauta. “Se não fosse ele, com certeza seria a filha dele agora a morta”, disse outro.

Leia Também