Pai de mulher morta pelo marido em Manaus aconselhou filha a pedir o divórcio

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Dileane Lima de Oliveira poderia estar vivia e morando com o pai. De acordo com Clovis de Oliveira, as brigas do casal por conta do vício de Flávio Eduardo Rodrigues se repetiam. Dileane foi morta a facadas na frente dos filhos de 1, 2 e 8 anos. Flávio tentou se cortar para simular uma briga. Ele já está nas mãos da polícia. “Disse a ela para sair de casa com as crianças e vir morar comigo”, lamentou Clovis.

“Ele tentou simular uma briga”, afirma a delegada Debora Barreiros. “Antes dessa tragédia eu tinha pedido para ela ir morar lá em casa e levar as crianças”, disse o pai, revelando que sua filha estava há quatro dias sem dormir.

A vítima fez de tudo para tirar Flavio Eduardo Rodrigues de Souza das drogas, até esta sexta-feira (7), no Tancredo Neves, quando acabou morta por ele na frente dos filhos. A informação foi dada pelos familiares dela na porta do IML.

Leia Também