Pagodeiro morre com tiro na cabeça ao urinar em muro de praça

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

SÃO PAULO | Um homem de 36 anos foi agredido e morto na manhã de sábado (22) com um tiro na cabeça por por ter urinado no muro de uma praça.

A vítima era o pagodeiro Leandro da Silva Lauro. Câmeras de segurança gravaram o momento em que o músico é chutado nas costas pelo agressor, que depois discute com a vítima e atira em seguida, três vezes.

Depois de cair no chão baleado, Leandro chegou foi socorrido e levado a um Pronto Socorro, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

O suspeito foi identificado como Gabriel Barbosa de Abreu, de 23 anos. Ele foi reconhecido por duas amigas e dois amigos que estavam com Leandro. Ainda segundo as testemunhas, Gabriel saiu do veículo dizendo a Leandro: “porra, está mijando aí?!” e “está me tirando, está me tirando?”, iniciando a discussão.

O crime aconteceu na praça Taboão da Serra, em São Paulo, logo após Leandro terminar um show na cidade vizinha, Embu das Artes.

Leia Também