Na frente do 18º DIP, influenciadores anunciam rifa para ajudar Lucas Picolé e delegado se manifesta

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parece que alguns influenciadores ainda não entenderam a gravidade de fazer rifas clandestinas e resolveram “tirar onda” sobre o assunto na frente do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Zona Norte de Manaus, chamando a atenção do delegado Cícero Túlio, responsável pela prisão de Lucas Picolé e Mano Queixo.

ADVERTISEMENT

William Barão, que possui mais de 84 mil seguidores só no Instagram, foi até a frente do local com amigos e anunciou uma “rifa solidária” para ajudar os influenciadores que foram presos. Aparentemente, tudo não passa de uma brincadeira, mas não caiu bem.

Eles usam a frente do 18º DIP enquanto dizem que “essa é pra chutar o balde” e “tirar o Picolé da cadeia”. O valor da rifa seria cinco centavos. “Se tu não quiser o foguetão, 500 reais no teu Pix”, dizem eles.

O vídeo chamou a atenção de policiais e do delegado. “Quarta feira estou de serviço e vou atrás dos 4 folgados!”, disse o sargento Salazar. “Não querendo ser hater, mais cuidado com a polícia ver isso mano. Gravando na delegacia”, alertou um seguidor. “@policiacivildoamazonas sério que a instituição da polícia virou cenário para o desrespeito?”, disse outro.

O delegado Cícero Túlio também se manifestou e deixou um recado: “Com atividade policial não se brinca… péssimo exemplo… precisarão se explicar… aconselho que se apresentem amanhã comigo”.

‘Ação social’

Essa não é a primeira vez que William faz um vídeo polêmico. Ele viralizou recentemente ao distribuir “corotes” para pessoas em situação de rua e que provavelmente possuem problemas com álcool e drogas.

Vídeo: Influenciador de Manaus debocha ao ser criticado por distribuir corote em ‘ação social’ a pessoas na rua

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!