Primeira-dama do Haiti morre após ataque que matou presidente na madrugada desta quarta-feira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A primeira-dama do Haiti, Martine Moise, não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta quarta-feira (7), após um atentando contra ela e seu marido, o presidente do Haiti, Jovenel Moïse, na madrugada de quarta. Ele morreu na hora com um tiro na cabeça. Martine ainda chegou a ser socorrida para o hospital.

Jovenel tinha 53 anos e Martine, 47. A informação foi confirmada pelo primeiro-minsitro do país, Claude Joseph. O primeiro-ministro afirma que um grupo de indivíduos não identificados atacou a residência particular do presidente haitiano, durante a noite, e o matou a tiros.

Leia Também