Lava do vulcão Cumbre Vieja pode causar grandes explosões e ondas ferventes ao encontrar com o mar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A lava desce em direção ao mar em uma velocidade de 200 quilômetros por hora

A lava do vulcão Cumbre Vieja continua descendo, engolindo tudo que tem pela frente, na direção do mar. Especialistas alertam que ao encontrar as águas do Oceano Atlântico, a lava poderá emitir gases tóxicos, gerar grandes explosões e provocar grandes ondas de água fervente.

O “encontro” estava previsto para acontecer na última segunda-feira (20), porém, devido ao avanço lento da lava na ilha de La Palma, o magma está a cerca de 2 km do mar e avança a 200 quilômetros por hora.

Desde de que entrou em erupção, após um terremoto, o vulcão obrigou a remoção de mais de 500 famílias. Especialistas falam que a erupção pode durar de semanas a meses. O vulcão está expelindo colunas de fumaça que chegam a alcançar entre 8 mil e 10,5 mil toneladas de dióxido de enxofre, por dia.

O presidente da região, Ángel Víctor Torres, afirma que a lava avança para o mar, destruindo casas e levando outras para o mar. Até o momento mais de 166 construções já foram destruídas, porém, apesar da destruição, nenhuma morte foi registrada.

Leia Também