Jornalista americano que cobria guerra na Ucrânia morre baleado durante confronto entre tropas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O cineasta e jornalista Brent Renaud, 50 anos, morreu neste domingo (13) enquanto sóbria a guerra da Ucrânia na cidade de Irpin, perto de Kiev.  O americano produziu muitos documentários para veículos grandes como: HBO, Vice News e The New York Times.

Renaud cobriu as guerras no Iraque e Afeganistão, o terremoto no Haiti, a violência dos traficantes do México e a crise de refugiados na América Central.

As primeiras informações dão conta de que ele foi baleado por soldados russos. O jornalista tinha um crachá do jornal americano New York Times, mas não estava a serviço do jornal.

Em nota, o New York Times manifestou “tristeza profunda” pela morte do “talentoso cineasta” que trabalhou no jornal até 2015.

A Rússia ainda não se manifestou sobre a tragédia.

Leia Também