Eduardo Bolsonaro comemora absolvição de atirador que matou manifestantes antirracistas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O atirador matou duas pessoas e feriu mais uma durante o protesto "Black Lives Matter", em agosto de 2020.

Kyle Rittenhouse, de 18 anos, foi absolvido no processo que respondia cinco acusações, dentre elas assassinato. O jovem deixou duas pessoas mortas e uma ferida durante protestos antirracistas, em agosto de 2020. A absolvição dele foi comemorada pelo deputado Eduardo Bolsonaro.

Após quatro dias de julgamento, 12 jurados consideraram o atirador inocente. Em agosto de 2020, durante o protesto Black Lives Matter, ele atirou contra dois manifestantes e deixou uma terceira pessoa ferida. 

Em imagens gravadas no dia da manifestação, é possível ver ele usando um rifle semiautomático para atirar, matar e ferir pessoas que tentaram confrontá-lo. Na época, ele tinha apenas 17 anos. 

Logo após a decisão tomada pela justiça norte-americana, o deputado Eduardo Bolsonaro compartilhou em seu perfil no Twitter um trecho do julgamento do jovem e comemorou a absolvição. 

Leia Também