Mulher recusa convite para sair com colega e acaba morta a facadas na cabeça

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Tânia Fernandes Silva Ataides, de 36 anos, foi assassinada a facadas após dizer ao colega de trabalho que não queria sair com ele. Os dois trabalhavam juntos num posto de combustível em Criciúma (SC) e após ouvir o não ele foi em casa, pegou a faca e matou a mulher.

De acordo com o Ministério Público de Santa Catarina, o suspeito queria ter um romance com Tânia, que não teve nem como se defender.

O homem não teve a identidade revelada, mas está preso. Ele vai responder por feminicídio.

Leia Também