Publicidade

Mulher que tinha medida protetiva contra o ex-marido mata ele durante discussão no Amazonas

Facebook
Twitter
WhatsApp

Uma mulher identificada como Josiane Reis da Silva, de 40 anos, foi presa nesta sexta-feira (14) após matar com um tiro de espingarda o próprio ex-marido, Jones Campos Freitas, de 51 anos, o “Cego”. O crime ocorreu em Borba, no interior do Amazonas, e a o homem já era conhecido da polícia.

ADVERTISEMENT

‘Cego’ tenta matar amigo da esposa que dedurou pulada de cerca no Amazonas

De acordo com testemunhas, por volta das 21h os dois tiveram uma discussão em frente da loja deles. Josiane pegou a arma e acabou atirando na coxa de Cego, mas o tiro atingiu a veia femoral e foi fatal.

A ex-esposa tinha uma medida protetiva contra ele, que era proibido de se aproximar. No entanto, Cego não aceitava o fim do relacionamento. Um dos motivos do término teria sido uma traição dele.

No dia 13 de março deste ano, Jones tentou matar com um tiro o marido da amante dele. O motivo é que o homem tinha contado para Josiane sobre o caso extraconjugal de Cego com a mulher dele.

No dia 15 do mesmo mês, ele passou a ser procurado para responder pela tentativa de homicídio e foi quando Josiane teve a medida protetiva. Na ocasião, a mulher ainda foi ameaçada de morte pelo ex que se aborreceu por ela ter descoberto tudo.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights