Mulher mata filha de 1 ano por não aceitar dividir a guarda da menina com o pai

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Uma mulher foi presa na manhã desta segunda-feira (16), acusada de matar a própria filha, de 1 ano e 11 meses, em Coelho Neto, na Zona Norte do Rio. As informações são do Extra.

Após o crime, Mila Cristina de Oliveira Bolquett tentou se matar com ingestão de chumbinho.

De acordo com testemunhas, Mila não aceitava que a pequena Anna Lya Vieira dos Santos tivesse contato com o pai. Segundo os relatos, o pai teria buscado a criança na tarde de domingo e a levado de volta no início da noite, quando a mãe acabou cometendo o crime.

Os vizinhos ainda contam que viram Mila sair de casa sem a criança, com uma televisão, e teria entrado no carro de um suposto namorado.

Foram os vizinhos que encontraram a menina já sem vida, enrolada em um pano.

A própria autora foi quem decidiu procurar uma delegacia para dizer que tinha matado a filha e tentado tirar a própria vida. Mila foi presa em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil, a autora ainda teria deixado uma carta na qual confessava o crime. A mulher está internada sob custódia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Irajá, devido à ingestão de chumbinho.

Leia Também