Mulher esfaqueada na Fametro leva 10 pontos e polícia ouve depoimento; homem está internado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Elias Eduardo Antunes, de 22 anos, funcionário de recursos pedagógicos da faculdade Fametro vai responder por tentativa de homicídio. Ele desferiu um golpe no pescoço de uma funcionária da biblioteca, com quem mantinha relação amorosa, na manhã deste sábado (17).

A vítima, de 39 anos, prestou depoimento no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) assim que recebeu alta. Ela levou 10 pontos no pescoço e teve ferimentos na mão esquerda. Elias, no entanto, vai permanecer 24h em observação psiquiátrica, uma vez que cometeu o crime ao ter um surto psicótico.

O relacionamento era recente e Elias era considerado um rapaz que só trabalhava e estudava, sempre muito dedicado. Ele além de funcionário, estudava na instituição.

O crime teria ocorrido quando ele conversava com a vítima, desabafando sobre problemas da vida, quando de repente a pegou por trás e a esfaqueou. Segundo familiares, que não quiseram se identificar, Elias morava sozinho e não demonstrava tristeza, mas é uma pessoa fechada.

Leia Também