Mulher é executada a tiros com a filha no colo no Centro de Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Uma mulher identificada como Gracimarlei Gomes Marinho, de 39 anos, foi executada com cerca de 10 tiros na rua Quintino Bocaiúva, no Centro de Manaus. A vítima estava com a filha de 2 anos quando ocorreu o crime. A criança não se feriu.

De acordo com informações da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o esposo de Gracimarlei acredita que ela foi morta por engano. Segundo ele informou à polícia, a vítima tinha ido visitar a irmã e levou a filha consigo.

Ao chegarem em frente à casa, um conjunto de quitinetes, dois homens numa moto modelo CB 300, de cor vermelha, dispararam os tiros. O veículo foi ainda abandonado na via e eles fugiram a pé.

Gracimarlei tentou proteger a criança e mesmo ferida, chegou a entrar na casa da irmã, mas não resistiu. A menina foi pega pela avó sem nenhum ferimento.

Ainda segundo a polícia, o homem afirma que a vítima não era envolvida com drogas e nem tinha sido ameaçada. Ele sabia, no entanto, que iria haver tiroteio porque ouviu os gritos dos traficantes, mas a esposa já estava fora de casa.

Câmeras de segurança de casas e comércios da Quintino Bocaiuva devem ajudar a polícia a identificar os envolvidos na execução.

O Instituto Médico Legal (IML) também esteve na residência para fazer a remoção do corpo. O crime deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Leia Também