Publicidade

Mortes de merendeira e industriária em acidentes de moto reforçam trânsito perigoso de Manaus 

Facebook
Twitter
WhatsApp

A semana no trânsito de Manaus foi marcada por duas mortes de mulheres que trafegavam de moto e acabaram vítimas de acidentes fatais e chocantes na cidade. Na segunda-feira (5) morreu a merendeira Eulina Costa dos Santos, de 47 anos, atropelada ao cair da moto na Djalma Batista. Nesta quinta-feira morreu a funcionária da BIC, Tamilles Moreno Praia, 23 anos, na Rodrigo Otávio.

ADVERTISEMENT

Além da dor dos parentes e dos amigos, ficam as mensagens e pedidos de paz no trânsito de Manaus nas redes sociais. Motoqueiros que trafegam entre os carros e se arriscam em alta velocidade para entregar pedidos a tempo, UBER motos, mototaxistas e motociclistas particulares são alvo de críticas pela forma como conduzem as motos, mas também reclamam que não são respeitados por veículos maiores.

Da mesma forma que o sargento da PM que tentou salvar Tamilles deixou seu desabafo.

Até quando?

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights