Militares russos ‘erram o alvo’ e matam menina de 7 anos em Kiev

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Autoridades ucranianas confirmara a morte de crianças durante os ataques que a cidade sofre há seis dias. A história de uma delas repercutiu na cidade, após o grupo russo de sabotagem e reconhecimento errar o alvo e acertar o carro da família.

Polina, de 7 anos, morreu um dia após ser atingida por uma bomba, assim como seus pais, que perderam a vida na hora. A Ucrânia denunciou a Rússia no Tribunal de Haia por crimes de guerra.

Outra vítima não identificada é um menino que morreu no apartamento onde morava no nordeste da Ucrânia no segundo dia da invasão da Rússia. A bomba atingiu casas em

Chuhuiv, um pequeno município nos arredores da segunda maior cidade da Ucrânia, Kharkiv.

Apesar das mortes de civis, a Rússia afirma que só tem mirado em alvos militares.

Leia Também