Miguel Reale Jr., autor do pedido de impeachment de Dilma, declara apoio a Lula

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

BRASÍLIA | O jurista Miguel Reale Júnior declarou, nesta quarta-feira (21/8), apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência da República.

Autor do pedido de impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT), Reale Júnior era um dos apoiadores da chamada “terceira via”, mas agora argumenta ser necessário votar no petista, já no 1ª turno das eleições, para “impedir ação desesperada de Bolsonaro”

“Sem perspectiva de vitória da Terceira Via, é importante que Lula vença no primeiro turno”, declarou o advogado, em mensagem enviada ao jornal Estado de S. Paulo

Ex-ministro da Defesa no governo de Fernando Henrique Cardoso, Miguel Reale Júnior também afirmou que o apoio a Lula seria uma maneira de evitar “ataques à democracia, à dignidade da pessoa humana e ao meio ambiente, que, com certeza, sucederão com maior intensidade em um novo mandato de Bolsonaro”.

A deputada estadual Janaina Paschoal (PRTB), que assim como Reale Júnior, apoiou o afastamento de Dilma, disse que “já imaginava” que o advogado seguiria por esse caminho.

“Pela resistência do professor em ingressar no processo de impeachment e pelos pleitos que fez para eu desistir, eu já imaginava que ele fecharia com Lula”, declarou a deputada estadual e candidata ao Senado.

.

Leia Também