Menino de 15 anos atira contra colegas dentro de escola com arma de colecionador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

CEARÁ | Um adolescente de 15 anos foi detido na manhã desta quarta-feira, 5, após disparar contra três colegas em uma escola em Sobral, no interior do Ceará.

Ele estava com uma arma de fogo registrada no nome de um CAC (colecionador, atirador desportivo e caçador). Uma das vítimas teve ferimento na cabeça e está em estado grave, enquanto as outras duas foram liberadas após avaliação médica. O caso é investigado pela polícia.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará, o adolescente é suspeito de praticar um ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio. O caso ocorreu na Escola Estadual Professora Carmosina Ferreira Gomes, no bairro Sumaré, em Sobral. A pasta informou que foi apreendido com uma arma de fogo registrada no nome de um CAC, mas não confirma de quem é o registro.

A captura do autor dos disparos ocorreu nesta quarta-feira (05) após ação do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Conforme depoimento na Delegacia Municipal de Sobral da Polícia Civil do Estado do Ceará, o adolescente havia premeditado o ato após ser vítima de bullying.

As três vítimas, todas com 15 anos, foram socorridos para o pronto-socorro por volta de 10h30. Dois deles apresentam lesões na cabeça e um outro, na perna.

O estado de saúde de um deles, que recebeu um tiro na cabeça, é classificado como “muito grave”. O segundo, que recebeu um tiro de raspão também na cabeça, foi encaminhado para tomografia e liberado pela equipe médica. Assim como o terceiro, que passou por avaliação médica para avaliar ferimento na perna.

Leia Também