MC Pipokinha chora, ora e pede para não ser chamada de vagaba: ‘Deus me deu tudo’; assista

Facebook
Twitter
WhatsApp

“Família, primeiramente eu quero agradecer a deus, ele me deu tudo. Isso aqui é meu trabalho, eu não sou uma vagabunda, isso é meu trabalho. Deus me deu tudo. Deus me deu um lugar pra mim morar porque eu não tinha. Deus me deu uma família. Deus me deu tudo. Muito obrigado a todos que estão aqui.”  A fala não é de um pastor, ou freira. É da MC Pipokinha.

ADVERTISEMENT

Um vídeo com a cantora compartilhado nesta madrugada pelo Choquei viralizou nas redes sociais neste domingo (5). Após ser acusada de machismo, de ser atacada durante uma apresentação e de ter a entrada de menores proibida em suas apresentação, a artista deicdiu orar e chorar diante do povo.

“Não sou vagabunda”

Ajoelhada no chão, MC Pipokinha foi às lágrimas.  “Lógico que eu não queria que as pessoas me olhassem desse jeito, com o olhar de: ‘Olha, ela é rodada, ela é uma vagabunda, ela é uma p*tinha, só porque eu canto isso. Sou uma artista, esse é meu trabalho, mas ele não entende que isso é meu trabalho, que isso é um personagem”, diz a Rainha da Putaria.

Veja:

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!