Homem degola cadela com filhotes por causa de briga por herança

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Segundo a polícia, o suspeito briga com a madrasta pela herança do pai e teria feito a barbaridade para 'dar um recado' para a mulher.

Uma cadela da raça Burriler e os quatro filhotinhos dela foram decapitados durante uma disputa por partilha de bens. O crime aconteceu na cidade de Formosa (GO) em março deste ano, porém as imagens e o caso só vieram à tona agora. Após matar os animais, o suspeito deixou as cabeças deles na porta da casa da madrasta dele.

De acordo com as investigações da polícia, o suspeito estaria disputando com a madrasta a herança deixada pelo pai e um dos itens da briga seria uma fazenda onde a cachorra vivia com os filhotes. Em um áudio, o homem assume a autoria do crime. “Ela tinha uma cachorra lá na fazenda. Eu degolei a cachorra ontem e os filhotinhos e joguei as cabeças na porta da casa. Só para ela saber o que vai acontecer”, disse na gravação.

Em depoimento, a madrasta contou que no dia do ocorrido, por volta das 4h20 da manhã, se deparou com as cabeças dos animais. A mulher ficou chocada com a cena.

A veracidade do áudio está sendo apurada pela Polícia Civil e ao fim do trabalho investigativo, o autor será indiciado por maus-tratos. O brutal assassinato dos animais mobilizou defensores dos direitos dos animais em Goiás e no DF.  “Buscaremos justiça e punição também na esfera cível e administrativa para essa covardia e crueldade sem precedentes. Na esfera criminal, esperamos uma condenação com a pena máxima e o agravante das mortes”, pontuou a advogada Ana Paula Vasconcelos.

O homem apontado como autor deste crime bárbaro nega as acusações. Para ele, tudo não passou de uma “forma triste” de as pessoas não aceitarem derrota nos tribunais e, sobre o áudio, ressaltou que ele não “prova nada”.

Leia Também