Marido mata a esposa, simula suicídio dela e coloca o filho para mamar em cadáver; ele foi preso

Facebook
Twitter
WhatsApp

Nem em filme de terror uma cena dessas poderia ser imaginada. Antônio Carlos Sousa da Cruz foi preso suspeito de matar a esposa Nadia Silva Freitas de Castro, de 30 anos. O crime ocorreu em Santarém, no Pará, e o homem além de tentar simular o suicídio dela, colocou o filho deles para mamar o cadáver.

ADVERTISEMENT

O crime ocorreu na última terça-feira (12), em apartamento no bairro Caranazal, e Antônio disse que encontrou Nadia pendurada pelo pescoço. Na verdade, segundo a polícia, ela foi estrangulada com o fio do secador de cabelo e ele depois amarrou uma corda comum.

Quando já estava morta, o homem colocou o corpo na cama, passou a noite com ela e ainda colocou o filho deles, uma criança que ainda era amamentada, para mamar no cadáver. A polícia só foi acionada por ele após 12 horas da morte.

“Ele mantém a versão desde o primeiro depoimento que encontrou a companheiro morta. Mas os indícios apontam para o feminicídio, por isso a Deam pediu pela prisão preventiva do suspeito”, informou a delegada da Mulher, Andreza Souza.

O laudo da necropsia não foi concluído, mas preliminarmente mostrou que a vítima foi morta e o fio de secador não era compatível com a corda que Antônio disse que ela foi encontrada.

Ainda segundo a polícia, após o crime o homem registrou um Boletim de Ocorrência (BO) informando que era ameaçado pelos parentes da mulher. A família da vítima já estava desconfiada de que ele tinha alguma relação com o crime.

 

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!