Marido e sogro de cabeleireira encomendaram morte de 6 pessoas da família por dinheiro, diz polícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um crime bárbaro é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal. Thiago Gabriel Belchior de Oliveira é suspeito de encomendar e matar a própria esposa e os filhos e mais dois familiares. No total, seis pessoas da mesma família foram mortas. Além de Thiago, Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro de uma das vítimas, também foi preso por arquitetar e cometer o crime.

De acordo com a polícia, Thiago era marido da cabeleireira Elizamar Silva. Ela foi carbonizada no próprio carro com os filhos, Gabriel, de 7 anos, e os gêmeos Rafael e Rafaela, de 6 anos. O motivo seria porque ela guardava R$ 400 mil numa conta bancária, referente à venda de uma casa.

O marido da vítima e o sogro, Marcos Antônio, queriam o valor para fugir com as amantes. Eles contrataram dois pistoleiros por R$ 100 mil para matar a cabeleireira somente, mas no dia do crime ela estava com as crianças.

De acordo com a polícia, Thiago ajudou a matar os próprios filhos. Eles foram sufocados e depois o carro foi incendiado.

Já Renata Juliene Belchior, de 52 anos, mãe de Thiago e sogra de Elizamar, e Gabriela Belchior Oliveira, de 25 anos, cunhada da cabelereira e irmã de Thiago, foram assassinadas da mesma forma.

Eles teriam sequestrado as mulheres, as mantiveram por cinco dias em um cativeiro e as assassinaram da mesma forma que Elizamar e os filhos.

Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, marido de Elizamar, e Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro de cabeleireira — Foto: Reprodução
Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, marido de Elizamar, e Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro de cabeleireira — Foto: Reprodução

 

 

Leia Também