Trio é preso com mais de 30 notebooks e eletrônicos roubados em Manaus e que seriam vendidos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Polícia Civil conseguiu prender Anderson da Silva Mouzinho, de 45 anos, Francisco Mendes Machado, de 43 anos, e Werlegan Simões da Silveira, de 37 anos, nesta quinta-feira (2). Os homens, segundo a polícia, foram presos com mais de 30 notebooks roubados que eram vendidos em sites de compra e venda.

O delegado do 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Gesson Aguiar, informou que a polícia chegou ao trio após um roubo realizado numa casa na Zona Centro-Oeste de Manaus. Na ocasião, foi feito “a limpa” na casa da vítima, que teve celulares, notebooks e vários aparelhos eletrônicos levados.

A partir disso, os policiais começaram a investigar os constantes roubos em casas da área e passaram a verificar se os objetos roubados apareceriam nos sites. Um dos notebooks foi identificado e o 17º DIP iniciou uma operação para prender os criminosos.

Ainda segundo o delegado, Francisco e Anderson eram donos de assistência técnica e compravam os objetos furtados de Werlegan, que já era conhecido pela polícia pelo crime de receptação. A equipe policial simulou uma compra com a dupla e, com o encontro marcado, os prendeu.

A vítima reconheceu o notebook roubado e depois os outros objetos foram localizados. Werlegan foi preso depois. Com eles foram apreendidos também televisores, celulares e relógios.

O trio foi autuado em flagrante por receptação qualificada e associação criminosa no 17º DIP e vai continuar as investigações para verificar se mais comparsas o ajudavam.

Leia Também