Torcedor com tatuagem nazista inicia processo de alteração do desenho; ele negou saber significado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Em depoimento ao delegado Ivo Martins, titular do 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o torcedor que foi fotografado com uma tatuagem que fazia apologia ao nazismo, em Manaus, disse que não sabia do significado da mesma. Ele achava ser apenas uma águia comum.

Após o ocorrido, ainda segundo o delegado, o homem que não teve a identidade divulgada iniciou o processo de alteração do desenho, chamado de “cover up”, que consiste em mudar o desenho o transformando em outro. Ele esteve na delegacia nesta quarta-feira (20).

O homem disse ainda que tem a tatuagem há dez anos e que essa foi a primeira vez que teve problemas. Por não saber que o desenho daquela águia em específico era um símbolo nazista, revelou que nunca a escondeu em espaço públicos.

O homem foi fotografado durante a estreia do São Raimundo na série D do Campeonato Brasileiro, em jogo na Colina, no São Raimundo, Zona Oeste, no último final de semana. Ele estava sem camisa e de costas.

A imagem repercutiu nas redes sociais por ser um dos principais símbolos do partido nazista (1920-1945). O desenho da tatuagem ainda faz referência a outra parte do símbolo do grupo que comandou a Alemanha entre 1933 e 1945.

A direção do São Raimundo informou que iria banir o torcedor do estádio assim que o mesmo fosse identificado.

Leia Também