Policial penal que impediu assalto no Manôa e foi baleado morre no hospital

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Após impedir um assalto na noite deste domingo (17), na rua Professor Manoel Belém, no bairro Manôa, Zona Norte, o policial penal Harley Lopes Albuquerque, de 36 anos, não resistiu e morreu no hospital.

O assaltante morreu na hora e o comparsa, que também foi baleado, conseguiu fugir. Harley foi levado para o hospital após o ocorrido e morreu horas depois.

Segundo a polícia, o suspeito e o comparsa chegaram numa moto e tentaram assaltar uma lanchonete. Harley estava no mesmo local e acabou reagindo, tentando impedir o crime.

A moto foi abandonada no local e o corpo do assaltante foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O outro criminoso não foi localizado pela polícia.

Leia Também