Estudantes promovem ato de vandalismo em escola na Compensa e Seduc identifica os envolvidos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Nas imagens os estudantes aparecem correndo pelos corredores quebrando cadeiras e lixeiras da escola.

Após vários vídeos circularem nas redes sociais na manhã dessa quarta-feira (9), mostrando uma verdadeira baderna promovida por estudantes da Escola Estadual Júlia Bittencourt, localizada no bairro Compensa, zona Oeste de Manaus, a Secretaria de Estado de Educação e Deporto (Seduc) se manifestou informando que já identificou os envolvidos no ato de vandalismo.

Por meio de nota, a Seduc disse que imediatamente enviou uma equipe interventora multidisciplinar para apurar os detalhes do ocorrido e fazer o levantamento dos danos ao patrimônio público gerado pela depredação dos alunos. Em seguida um Boletim de ocorrência (BO) deve ser registrado.

Nos vídeos compartilhados um grupo de alunos da escola aparece correndo pelos corredores usando extintores de incêndio para quebrar objetos do colégio. Durante o ato de vandalismo eles quebram cadeiras e lixeiras da escola.

Segundo informações da escola, o motivo da baderna seria porque a escola passou a ser militarizada e os estudantes não teriam concordado com a mudança.

Leia Também