Espaços culturais voltam a funcionar sem necessidade de agendamento

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A partir desta terça-feira (15/03), os espaços culturais administrados pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, voltam a funcionar com atendimento espontâneo, sem a necessidade de agendamento para visitação e espetáculos. 

A medida acontece após o Comitê Intersetorial de Enfrentamento da Covid-19 do Governo do Estado definir que eventos estão liberados sem restrição de horário e de ocupação, levando em conta os dados epidemiológicos, que registram queda em internações e de número de infectados e óbitos pela doença no estado.

Para visitar, assistir aos espetáculos ou participar de uma atividade no Teatro Amazonas, nos centros culturais Palácio Rio Negro, Palácio da Justiça e dos Povos da Amazônia, assim como Palacete Provincial, basta chegar ao local com antecedência.  A Casa das Artes e o Museu do Seringal já funcionavam sem agendamento, porém com controle de público na entrada. A apresentação da carteira de vacinação contra Covid-19 e o uso de máscara são obrigatórios para entrar nos espaços. 

Leia Também