Covid: mais de 7 mil crianças, adolescentes e adultos foram vacinados em Manaus, neste sábado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Os 16 pontos de vacinação contra a Covid-19 abertos neste sábado, 26/3, pela Prefeitura de Manaus, garantiram que, ao longo do dia, 7.228 pessoas fossem vacinadas.  Do total de doses aplicadas, mais de 3.374 foram para crianças de 5 a 11 anos que estavam iniciando ou completando o esquema vacinal de duas doses, e as outras 3.854 foram para adolescentes de 12 a 17 anos e para o público de 18 anos ou mais. 

Quatro dos 16 locais de atendimento estavam preparados para receber exclusivamente o público infantil e 11, exclusivamente o público de 12 anos e mais. A novidade do dia foi o atendimento de todos os públicos no Centro de Convenções de Manaus (sambódromo). O espaço passou a ser referência para a vacinação de crianças, na zona Oeste da capital, em substituição ao Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou. A titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, acompanhou as atividades no local no início da manhã. 

“O atendimento infantil segue regras de específicas, determinadas pelo Ministério da Saúde, por isso criamos fluxos e ambientes exclusivos, para garantir segurança e também leveza e alegria antes, durante e depois da vacinação”, observou a secretária, destacando personagens infantis e equipes de animação que ajudaram a receber as crianças e  promover atividades lúdicas durante os 20 minutos de observação obrigatória após o recebimento da dose.  

Desde a abertura da vacinação para o público de 5 a 11 anos, em fevereiro deste ano, aproximadamente 99 mil crianças foram vacinadas contra a Covid-19 em Manaus. O público estimado para esta faixa etária na capital é de 260 mil crianças e a meta é vacinar 90% desta população, ou seja, 234 mil crianças. 

No geral, a prefeitura já aplicou quase 4 milhões de doses, sendo 1,8 milhão de primeiras doses, 1,5 milhão de segundas doses, 622 mil terceiras doses e 5,2 mil quartas doses. 

Reforço

A secretária Shádia Fraxe destacou que a vacinação de todas as faixas etárias é importante e que os prazos para segunda, terceira e quarta dose, para os públicos contemplados, devem continuar a ser observados, a fim de garantir que a população se mantenha protegida contra a covid. 

“Mesmo com o cenário epidemiológico atual, com queda expressiva nos casos, internações e óbitos, não podemos relaxar em relação à imunização”, alertou. 

Adolescentes de 12 a 17 anos devem completar o esquema vacinal de duas doses, com intervalo de 21 dias, sendo que os que têm alto grau de imunossupressão devem receber também a dose adicional dois meses após a segunda dose.  O público de 18 anos ou mais que já tomou as duas primeiras doses deve receber a terceira com intervalo de quatro meses após ter completado o esquema inicial. Quem tem 60 anos ou mais, pode tomar a terceira dose três meses após a segunda e os imunossuprimidos, 28 dias após a segunda dose. 

A quarta dose também já está disponível, mas até o momento é exclusiva para os imunossuprimidos e para os idosos de 70 anos ou mais que tomaram a terceira dose há, pelo menos, quatro meses. 

Quem recebeu a vacina da Janssen deve tomar apenas duas doses, com intervalo de dois meses entre uma e a outra. 

Leia Também