Corpo encontrado em hotel do Centro de Manaus é do jornalista Rosalvo Reis

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O corpo do homem encontrado morto dentro de um hotel na manhã desta quinta-feira (19), no Centro de Manaus, é do jornalista Rosalvo Reis, conhecido professor de Física em cursinhos pré-vestibulares de Manaus.

De acordo com a polícia, a suspeita é que Rosalvo sofreu um infarto durante a madrugada e foi encontrado já sem vida no quarto onde morava há alguns meses. Ele estava passando por problemas financeiros, segundo a família.

Na noite anterior, uma pessoa chegou a levar uma garrafa de água que ele havia pedido e ainda estava bem. Familiares disseram, no entanto, que o jornalista estava com problemas de saúde e fazia uso de um marca-passo.

O mesmo já deveria ter sido trocado, mas ele aguardava uma vaga no hospital Francisca Mendes para realizar a troca.

Rosalvo era irmão da jornalista Rosália Reis e de Sebastião Reis, falecido em março de 2009. Ele era diretor de um veículo de comunicação local.

Como professor, Rosalvo se destacou na disciplina de física, sendo muito conhecido em cursinhos pré-vestibulares.

Ele estava solteiro e deixou três filhos e um neto.

Leia Também