Bebuns, som alto e sem licença: lojas de conveniência são interditadas em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Central Integrada de Fiscalização (CIF) realizou, entre a noite de ontem (26/02) e a madrugada deste domingo (27/02), vistorias em lojas de conveniência situadas nas dependências de postos de combustível, em Manaus. Dois estabelecimentos foram interditados pelos agentes da CIF por irregularidades. Ao todo, foram vistoriadas nove lojas.

No posto Shell da avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, zona leste, a Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) autuou a loja de conveniência por falta de licença sanitária e pelo consumo de bebida alcoólica no ambiente. No mesmo local, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) interditou o uso de aparelhagem sonora.

O local foi ainda interditado pela Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef) por não possuir alvará de funcionamento.

Na loja Petrovam, do posto BR da avenida Governador José Lindoso, bairro Parque Dez, zona centro-sul, os agentes da Visa Manaus aplicaram autuação por consumo de bebida alcoólica nas dependências, ausência do uso de máscara de proteção por parte dos funcionários e ausência de licença sanitária.

A Semmas interditou o som ao vivo do local. Os fiscais da Semef interditaram o estabelecimento por não possuir alvará de funcionamento.

Na loja de conveniência do posto Atem da avenida do Turismo, na zona oeste, os fiscais da Semmas interditaram o uso de aparelhagem no estabelecimento.

Efetivo – Participaram da CIF agentes da SSP-AM, por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), Ouvidoria da SSP-AM, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, agentes da Visa Manaus, Semmas, Semef, Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Leia Também