Agenda de Bolsonaro em Manaus mistura Sikêra, Jesus e política

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O nome do evento é “MARCHA PARA JESUS”, mas o que o presidente Jair Bolsonaro vem fazer em Manaus neste sábado vai muito além de orar. Ele chega a Manaus por volta das 10h30 e vai direto encontrar Sikêra Jr., com quem mantém amizade e a quem usa como garoto propaganda pago com dinheiro das campanhas do Governo Federal.

Depois da conversa com o apresentador popularesco, Bolsonaro vai almoçar com militares no CMA. Longe da imprensa e dos eleitores que certamente farão recepção de “mito”. O prato reservado para poucos privilegiados precede a saída para o Teatro Amazonas.

No palco da arte Bolsonaro terá mais um encontro reservado. Agora com lideranças religiosas que estão há mais de um mês chamando o rebanho para orar e ver o Messias, no caso, o presidente Bolsonaro que conta com o voto dos evangélicos para diminuir a vantagem de Lula.

Por fim a Marcha para Jesus. Ainda que lá estejam cristãos ávidos por fé e bençãos, espera-se um discurso político do presidente, ainda que o TSE esteja avisando que o vencedor nas urnas será diplomado.

Fim da Marcha e da oratória, o presidente volta para Brasília, onde todos os dias trava a conhecida luta do poder.

Leia Também