20 mil pessoas devem deixar Manaus no feriadão

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (21/04), a Operação Viagem Segura – Feriado de Tiradentes, nas principais saídas de Manaus. O objetivo da ação é oferecer maior segurança aos passageiros que vão utilizar os serviços de transporte rodoviário e hidroviário intermunicipal, de 21 a 24 de abril, para acessar outros municípios do estado.

Ao todo, 20 mil pessoas devem deixar a capital por meio dos transportes regulados pela Arsepam. Os departamentos técnicos do órgão estimam que 1.100 fiscalizações sejam realizadas no período.

O diretor-presidente da Agência Reguladora, João Rufino Júnior, explicou que a Operação Viagem Segura sempre ocorre em feriados prolongados. Como foi decretado pelo Governo do Amazonas e pela Prefeitura de Manaus que sexta-feira (22/04) será ponto facultativo, o gestor destaca que o reforço na fiscalização se faz necessário.

Rufino Júnior informou, ainda, que dentro da programação está prevista acontecer uma ação, no próximo sábado (23/04), voltada ao Abril Azul, mês da conscientização mundial sobre o autismo, com foco nos transportes intermunicipais. A finalidade é divulgar à população e aos próprios operadores os direitos inerentes a esse público.

Dados – O Departamento de Transporte Rodoviário (DETH) acredita que 7.500 passageiros deixem, em quatro dias, Manaus com direção a outras cidades do estado. As equipes da Arsepam devem realizar o total de 800 fiscalizações nos modais regular (viagens entre terminais rodoviários), semiurbano (Manaus-Iranduba-Iranduba-Manaus), fretamento eventual e contínuo.

O DETR ressaltou que, normalmente, as principais ocorrências apresentadas pelos operadores dos veículos são lotação excedente, atraso dos ônibus, falta de cadastro junto à Agência Reguladora e seguro vencido. No entanto, nem todos os casos geram auto de constatação – penalidade que pode resultar em multa de até R$ 4.636,42 (no caso de reincidência, o valor dobra).

Por sua vez, o Departamento de Transporte Hidroviário (DETH) estima que 12.500 passageiros optem por deixar Manaus por intermédio de embarcações. Os fiscais devem efetuar 300 vistorias no período.

A Ouvidoria da Arsepam conta com atendimento 24 horas para receber denúncias e sanar dúvidas, por meio do WhatsApp (92) 98408-1799.

Postos – No modal rodoviário, as fiscalizações ocorrem no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; e Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte.

No hidroviário, as abordagens acontecem no Porto de Manaus e nas balsas da Manaus Moderna, no Centro; e no Porto da Ceasa, Distrito Industrial, zona sul.

A Operação Viagem Segura Feriado de Tiradentes conta com apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).

Leia Também