‘Mais Futevôlei nos Bairros’ ainda está com inscrições abertas e já beneficiou mais de 1,2 mil alunos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O projeto “Mais Futevôlei nos Bairros”, lançado em junho deste ano, já beneficiou mais de 1.200 alunos e atletas fomentados com o fornecimento de materiais esportivos. As atividades ocorrem em sete núcleos da capital e contam com apoio em cinco cidades do interior, Boa Vista do Ramos, Coari, Manacapuru, Itacoatiara e Rio Preto da Eva.

Criado pelo governador Wilson Lima, o projeto é focado no ensino e atende crianças e adolescentes de 8 a 17 anos. Larissa Anjo, 17, é uma das alunas do projeto na Arena Passarinho, zona Norte, apesar de já estar na idade limite, a jovem comemora a oportunidade de participar do projeto.

“É um projeto muito importante para tirar as pessoas de outros locais que elas não devem estar, que não são adequados, e isso é um projeto que coloca as pessoas para estudar, para se divertir um pouco também”, afirma Larissa.

Com diferentes turmas e horários, a atividade tem ajudado na popularização do esporte na cidade. Coordenador do Mais Futevôlei nos Bairros, o professor Chico Nelson, explica que a atividade além de mirar em novos talentos, visa aproximar os jovens de ambientes de convivência social saudável.

“A procura tem sido muito boa e as perspectivas são as melhores, a gente têm conseguido desenvolver as atividades, têm conseguido matricular tanto o público masculino, como o público feminino. Mas a ideia é atender o jovem de uma forma geral para que eles estejam em um ambiente que agregue valores positivos para que ele se forme um cidadão de bem e um possível atleta também”, explica o professor.

A jovem Giovana Rebeca, 16, que já participava de aulas no futebol de areia, teve a esperança pelo esporte renovada com a participação do ex-jogador Romário, ídolo da Seleção Brasileira de Futebol, no projeto.

“Gostei no dia que ele veio aqui, eu estava para perder a minha esperança e quando ele veio trouxe um pouco da minha esperança, aí eu não parei mais”, revelou a atleta.

O projeto “Mais Futevôlei nos Bairros” ainda está com inscrições abertas. Para fazer basta procurar um instrutor nos locais e horários onde as atividades são desenvolvidas.

Onde é oferecido:

Campo do Passarinho
Segunda e quarta-feira: das 16h às 17h
Terça e quinta-feira: das 16h às 17h

Campo da Baixada Fluminense
Segunda e quarta-feira: das 7h às 8h e das 8h às 9h
Terça e quinta-feira: das 16h às 17h e das 17h às 18h

Arena do Monte
Segunda e quarta-feira: das 15h30 às 16h30 e das 16h30 às 17h30
Terça e quinta-feira: das 15h30 às 16h30 e das 16h30 às 17h30

Campo do Curió
Segunda e quarta-feira: das 7h às 08h e das 8h às 09h
Terça e quinta-feira: das 7h às 08h e das 8h às 09h

Vila Olímpica de Manaus
Segunda e quarta-feira: das 6h30 às 7h30 e das 7h30 às 8h30; das 15h30 às 16h30 e das 16h30 às 17h30
Terça e quinta-feira: das 6h30 às 7h30 e das 7h30 às 8h30; das 15h30 às 16h30 e das 16h30 às 17h30

Campo do Teixeirão
Segunda e quarta-feira: das 15h às 16h e das 16h às 17h
Terça e quinta-feira: das 15h às 16h e das 16h às 17h

Florestão
Terça e quinta-feira: das 14h30 ás 16h30

Leia Também