Isaque Lima, aos 12 anos, é revelação do Jiu-Jítsu e campeão do Sul-Americano

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Com apenas 12 anos de idade e cursando o 7º do ano do ensino fundamental, o atleta amazonense de Jiu-Jítsu e judô, Isaque Lima, venceu o Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jítsu, realizado pela Internacional Brazilian Jiu-Jítsu Federation (IBJJF), no Rio de Janeiro (RJ), nos dias 20 e 21 de agosto.

Atualmente faixa-laranja e campeão de judô, o atleta treina na escola Fightsports Manaus, com os Mestres Melqui Galvão e Malcley Silva, localizada no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. Mas a intimidade com a arte suave veio cedo, apenas aos 4 anos de idade, por influência do pai, faixa preta, Thiago Lima, de 26 anos.

Orgulhoso, Thiago diz que ver o filho conquistando os pódios nacionais é uma sensação única, além de ser resultado de muito esforço e dedicação.

“Já fazem oito anos que o Isaque treina Jiu-Jítsu, mas tem apenas três que se tornou atleta de competição. A relação deles com a prática esportiva começou por meio da minha influência, que já praticava o esporte e na época estava na faixa azul. Ver o meu filho subindo o pódio como campeão no Campeonato Sul-Americano foi uma experiência indescritível”, ressaltou o pai.

Para dar conta de tudo, a rotina do atleta é digna dos grandes lutadores: treino de alto rendimento pela manhã; escola pela parte da tarde; de noite treino focado na parte física. Aos finais de semana, ele estuda inglês.

O esforço não é somente para conciliar estudo e os treinos, mas também exige a questão financeira da família. Sem patrocinador, Isaque conta apenas com o apoio da família e amigos para as despesas das viagens.

“Nosso principal desafio foi o custeio das passagens, estadias e deslocamentos para competição, pois não dispomos de ajuda financeira, mesmo fazendo diversos ofícios e indo aos órgãos para pedir ajuda. Mas, graças a Deus, tenho meus pais, minha família e amigos que me ajudam a conquistar sonhos e objetivos”, revelou o atleta.

O lutador subiu ao pódio nas competições: Sul-Americano de Jiu-jítsu, Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu, Abu Dhabi Jiu Jitsu Pro (AJP) de 2019 em Manaus, Campeonato Brasileiro de Judô Sub-13 2020, Campeão Pan Americano 2020, bronze no Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu (CBJJ) 2019 e Bicampeão Amazonense Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas 2019-2020.

A próxima competição será o Campeonato Nacional de Judô em Curitiba/PR, nos dias 15 e 16 de outubro de 2022, além dos regionais.

Leia Também