Destroços de foguete chinês passam longe do Brasil e caem nas Maldivas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

MUNDO | Destroços do foguete chinês Long March 5B caíram no Oceano Índico na madrugada deste domingo, informou a mídia estatal chinesa. A maior parte dos componentes do foguete foi destruída na reentrada na atmosfera da Terra, que ocorreu às 23h34 de sábado (horário de Brasília), de acordo com o Escritório Chinês de Engenharia Espacial.

As coordenadas fornecidas pelo Escritório Chinês de Engenharia Espacial — 72,47° de longitude leste e 2,65° de latitude norte — colocaram o ponto de impacto das partes do Long March 5B a oeste do arquipélago das Maldivas.

O Long March 5B foi lançado de Wenchang, na província de Hainan, no último dia 29 de abril para enviar à órbita o módulo Tianhe, o primeiro da futura estação espacial chinesa.

Por uma questão de alguns minutos, não atingiu uma grande cidade dos Estados Unidos. Alguns detritos metálicos, incluindo uma espécie de cano de 12 metros de comprimento, caíram sobre a África Ocidental e chegaram a danificar alguns vilarejos.

Leia Também