Cabul: exército americano destrói aviões e blindados

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Na madrugada deste terça-feira (31), o exército americano destruiu aviões, blindados e o sistema de defesa antimísseis antes de deixar o aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, e encerrar na a guerra mais longa da história dos Estados Unidos.

Foram “inabilitados” 73 aviões, 70 veículos blindados resistentes a minas terrestres — que valem US$ 1 milhão cada um — e 27 Humvees, disse o general Kenneth McKenzie, chefe do Comando Central dos EUA, órgão responsável pelas operações militares do país no Oriente Médio. 

McKenzie afirmou que o último aparelho a ser inutilizado foi o sistema de defesa antimísseis, que na segunda-feira (30) deteve cinco foguetes disparados pelo Estado Islâmico contra o aeroporto. “Decidimos deixar esses sistemas funcionando até o último minuto”.

O último soldado americano a deixar o país foi o major-general Christopher Donahue, segundo o Departamento de Defesa americana. Sua patente é equivalente à de general de brigada no Brasil.

Leia Também