Iniciativa: Juntando latinhas, estudantes da rede pública fazem viagens até para fora do Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Cerca de 55 mil km em viagens os estudantes de escolas municipais e estaduais de Pedro Afonso, na região centro-norte do Tocantins, já conseguiram fazer por meio do projeto “Amigos do Meio Ambiente”, que consiste em orientar os alunos a juntarem e venderem materiais recicláveis. Com o dinheiro, eles conseguem financiar uma viagem turística por ano!

A iniciativa veio em 2010, por meio do professor Fabrício Rocha de Sousa. Primeiro eles criaram uma praça após a arrecadação. Em seguida, como uma espécie de prêmio, se organizavam para conhecer alguma cidade no período de férias. Hoje, participam 45 alunos entre 10 e 15 anos, que estudam em Pedro Afonso e Bom Jesus, cidade vizinha. A última viagem aconteceu no final de agosto e a turma do projeto foi para Rio Quente (GO).

“Começamos pelo Jalapão e depois fomos pelo Brasil. Rio de Janeiro, região nordeste, região sul e conseguimos ir até na Argentina e Paraguai. É um projeto que ajuda muito a cidade na parte ambiental, social e principalmente na formação de alunos para serem cidadãos de bem”, disse o professor, que também é historiador da cidade.

O professor explicou que eles vendem os materiais para cooperativas e juntam o dinheiro de forma individual. Se o estudante preferir, o próprio professor guarda o dinheiro para pagar as despesas da viagem, que acontece uma vez por ano.

“O projeto é anual e os alunos permanecem de três a quatro anos. Cada um arrecada sua parte para ser justo. Aí viajam geralmente de 30 a 40 pessoas, entre pais e alunos. E quando o grupo é grande, a gente consegue baratear demais a viagem”, disse.

Para complementar a renda, os alunos também organizam bazares com venda de doces de caju e geladinhos. Cerca de 90% das viagens conseguem ser custeadas apenas com essas ações.

A primeira viagem internacional foi para a Argentina. A turma com 40 alunos e 16 adultos viajou em julho de 2019 para conhecer o país hermano. Os próximos destinos do projeto devem ser Fortaleza (CE) e Recife (PE).

Leia Também