Gêmeos, prematuros e mortos: enfermeira mata sete recém-nascidos na maternidade

Facebook
Twitter
WhatsApp

O Reino Unido está chocado com a enfermeira Lucy Letby, de 33 anos, condenada nesta sexta-feira (18) pela morte de 7 bebês. A sentença só será lida na segunda-feira.

ADVERTISEMENT

Ela aplicou insulina e ar nas vítimas que estavam na UTI  e confessou os crimes. Quando os bebês não morriam, ela dava leite à força. O caso ocorreu no hospital Condessa de Chester, em Liverpool, entre 2015 e 2016.

Letby aguardava o julgamento, que durou dez meses. “Eu os matei de propósito”, disse Letby no documento de confissão. “Eu os matei de propósito porque não sou boa o suficiente para cuidar deles. Sou uma pessoa horrível e má”, diz um trecho da nota.

https://www.terra.com.br/noticias/mundo/enfermeira-e-condenada-por-assassinar-sete-bebes-matei-de-proposito,888c4ee4d29c947fa1997f054377f6acd41kscug.html?utm_source=clipboard

As vítimas da enfermeira incluem dois de três irmãos gêmeos idênticos, mortos com 24h de diferença, um récem-nascido que pesava menos de 1kg e uma bebê prematura morta na quarta tentativa..

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights