Sem drive-thru, neto é obrigado a carregar avó de 102 anos para se vacinar contra Covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Segundo o neto da idosa, os funcionários se recusaram a ir até o carro para vacinar a idosa de 102 anos e que não conseguia andar.

O neto de uma idosa de 102 anos precisou carregar a avó, por mais de 50 metros para que ela pudesse tomar a dose de reforço contra a Covid-19, em uma Unidade Básica de Saúde (UBS). O caso ocorreu no Distrito Federal.

Uma pessoa que acompanhava neto e avó filmou toda a situação pela qual ambos foram obrigados a passar. Segundo o neto, nas primeira e segunda doses foi permitido que ele entrasse no estacionamento do local para que a idosa fosse vacinada, porém, no vídeo publicado nessa quinta-feira (23), ele fala que foi proibido de entrar com a avó.

“O posto não me deixou entrar com minha avó para vacinar, porque disse que não era drive-thru. Isso aqui é uma vergonha”, disse o neto.

Durante a filmagem um funcionário ainda chegou a fazer ameaças a pessoas que estava filmando. Confira:

Leia Também