Luciano Hang admite contas no exterior e nega ter financiado fake news

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Luciano Hang, empresário bolsonarista negou nesta quarta-feira (29), em depoimento à CPI da Covid, ter financiado “esquema de fake news”. Dono da rede de lojas Havan, Hang é suspeito de ter financiado a disseminação de conteúdo falso, em especial sobre tratamentos ineficazes contra a Covid-19.

“Quero afirmar aqui nesta Casa, com a consciência tranquila e com a serenidade de quem tem a verdade a seu lado, que não conheço, não faço e nunca fiz parte de nenhum gabinete paralelo. Nunca financiei nenhum esquema de fake news e não sou negacionista”, declarou Hang no início do depoimento.

Em maio deste ano, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Luciano Hang. A operação mirou o suposto envolvimento de políticos, empresários e blogueiros na disseminação de conteúdo falso na internet.

Leia Também