Paulo Gustavo e dona Hermínia são homenageados com estátuas, em Niterói

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Paulo Gustavo morreu em maio deste ano, vítima da Covid-19. A mãe dele e o ex companheiro estiveram presentes na inauguração das estátuas.

A Prefeitura de Niterói (RJ) inaugurou nesta segunda (22), durante as comemorações do 448º aniversário da cidade, duas estátuas em homenagem a Paulo Gustavo, sendo uma do próprio ator e a outra, de seu personagem mais famoso, Dona Hermínia.

Déa Lúcia, mãe do ator, compareceu ao evento de cadeira de rodas, com as pernas imobilizadas. Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, também marcou presença na inauguração. Visivelmente emocionados, eles agradeceram o carinho do público de fãs presentes na inauguração das estátuas.

Outras homenagens

Esta não é a primeira vez que a cidade de Niterói, que é a cidade natal do ator e comediante, faz homenagens a Paulo Gustavo. Logo após a morte dele, uma das ruas mais movimentadas da cidade ganhou o nome do comediante.

Na semana da data do aniversário do ator, a cidade preparou um circuito cultural com obras do toda carreira artística de Paulo Gustavo.

Vítima da Covid-19

Paulo Gustavo morreu aos 42 anos, vítima de complicações da Covid-19. A morte do ator foi anunciada pela assessoria do ator, do dia 4 de maio. Ele estava internado desde o dia 13 de março, no hospital Copa Star, no Rio de Janeiro.

O ator chegou a ser intubado, depois fez uso de um pulmão artificial, mas não resistiu e morreu. A morte do ator mobilizou milhares de fãs e amigos, que passaram a fazer homenagens diariamente nas redes sociais.

Paulo era casado com o dermatologista Thales Bretas, com quem tinha dois filhos. Atualmente Thales mora com os dois filhos e diariamente faz visitas à mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia.

Leia Também