Influenciador brasileiro que denunciou racismo é encontrado morto, nos EUA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O influenciador Anderson Sodre, de 26 anos, conhecido nas redes sociais como Ander Jackson, foi encontrado morto na Califórnia (EUA). Ele era paulista, mas morava nos EUA desde 2018, quando se mudou para participar de um programa para cuidar de crianças em Orono.

Com mais de 110 mil seguidores no Instagram, Anderson fez fama no Instagram, onde costumava compartilhar covers de músicas e vídeos de humor. Apesar de ter conquistado público na plataforma, o último post do músico foi em 13 de outubro de 2020, logo após denunciar um caso em que teria sido vítima de racismo.

As causas estão sendo investigadas. O Itamaraty informou que está ciente do caso e que o Consulado Geral do Brasil em São Francisco, onde Ander morava e está à disposição para prestar assistência aos familiares de Anderson.

A família do jovem está buscando alternativas para conseguir trazer o corpo para o Brasil e realizar o sepultamento em Sorocaba.

Leia Também