Anitta desautoriza PT a usar imagem dela na eleição: ‘Não sou petista’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A cantora Anitta, apesar de ter declarado voto no ex-presidente e pré-candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT), decidiu ir às redes sociais para pedir que os candidatos do Partido dos Trabalhadores (PT) não utilizem sua imagem em campanhas eleitorais deste ano.

No post, publicado no Twitter, Anitta explica que não é petista e resolveu apoiar Lula porque ele é o único capaz de derrotar “Voldemort”, apelido dado por ela para o presidente Jair Bolsonaro (PL), se referindo ao vilão das séries de livros e filmes do Harry Potter.

“Este ano meu foco é fazer minha parte para não dar brecha a esse possível pesadelo de reeleição de Voldemort [Jair Bolsonaro]. NÃO USEM MEU NOME e minha imagem para promover a candidatura e o partido de vocês porque quem usar vai tomar logo um forão”, disse Anitta, em uma postagem no Twitter.

A cantora já havia dito que não era simpatizante do partido ao declarar voto em Lula. Segundo ela, o presidente não é uma “escolha dos sonhos” mas, neste momento, é o único capaz de vencer Bolsonaro.

“Depois de muitas pesquisas, a conclusão é de que essa pessoa é o Lula. E o que vou fazer daqui em diante é usar minhas plataformas no que eu puder ajudar para trazer mais visibilidade a ele com o propósito de não termos novamente Voldemort na presidência”, afirmou.

Em resposta, Lula confirmou a versão de Anitta e reiterou que a cantora não apoia os candidatos do PT.

“De fato você só declarou seu apoio por mim e sei que não é petista. O PT tem milhões de militantes, simpatizantes e também tem gente que não gosta do partido mas mesmo assim está conosco nesta caminhada, porque precisamos que o Brasil volte a ter democracia e paz”, escreveu o ex-presidente.

Leia Também