Publicidade

Ex de Simaria lamenta não passar dia dos pais com filhos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Vicente Escrig teve dois filhos com a cantora e disse que ficou longe dos filhos nesse domingo
Ex de Simaria lamenta não passar dia dos pais com filhos

No domingo (13), Vicente Escrig, que já foi parceiro de Simaria, desabafou sobre a experiência de passar o Dia dos Pais separado de seus filhos. Em uma entrevista ao portal Metrópoles, o empresário compartilhou sua decepção por não ter podido comemorar a ocasião ao lado de seus filhos, Giovanna, de 10 anos, e Pawel, de sete, que são frutos de seu relacionamento anterior com a cantora.

ADVERTISEMENT

“Imagine se você fosse afastada à força [dos filhos], vê-los a cada 15 dias, do nada. Aí vai ter a resposta”, declarou ele à coluna de Fábia Oliveira.

No mês passado, Vicente concedeu outra entrevista a Hugo Gloss, e falou sobre a saudade que sente das crianças. Desde o fim do seu casamento de 14 anos com Simaria e alguns processos na justiça, a proximidade entre eles foi afetada. “É uma quimioterapia. Você vai sobrevivendo. Se enganando. Se reinventando”, confessou.

“Quando você é baleado no coração, esfaqueado no pulmão, não é evidente achar uma forma de se levantar. Faço vídeo chamada, cada vez com menos frequência. Não tem como vencer o tempo e o desgaste. Continuarei tentando, mas respeitando os tempos e reações deles, afinal, há casos bem piores do que o meu”, refletiu.

Vicente Escrig ao lado dos filhos, Giovanna e Pawel (Foto: Reprodução/Instagram)

 

 

Imbróglio após separação

Atualmente, o empresário responde por processos movidos pela ex-mulher: um sobre o valor da pensão alimentícia das crianças, e um outro em que Simaria o acusa de roubar aproximadamente R$ 5 milhões de suas contas bancárias.

Em um bate-papo com Leo Dias, o empresário negou a acusação e afirmou que foi Simaria quem se negou a dividir os bens conquistados durante o relacionamento. “Ela não quis deixar nada para mim. E eu pensei: ‘Fica com tudo. Casas, carros, empresas’. Só estava preocupado com a minha filha, que ainda era muito pequena”, alegou.

Simaria
Simaria e Vicente Escrig ficaram juntos por 14 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Ainda sobre a acusação de golpe, Escrig disse que precisou se endividar para bancar advogados de defesa, pois “saiu sem nada” do casamento. O espanhol afirma que não tem mais condições de pagar a quantia da pensão estipulada em 17 salários mínimos, ou R$ 22.440, segundo o R7. “Nunca vou deixar de passar grana para os meus filhos, mas dentro do que eu acho que deva ser pago. Você conhece alguma criança que consuma R$ 34 mil por mês?”, disse ele em entrevista ao “Domingo Espetacular”.

“Posso ir para a cadeia, mas quero que as pessoas saibam detalhes da minha separação. Todos eles, inclusive os mais repugnantes”, ressaltou Vicente. Nas próximas semanas, ele pretende lançar o livro “Até Que a Mentira Nos Separe“, que já ganhou notoriedade após declarações polêmicas que foram cedidas a Leo.

 

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!