Torcedor perde entrevista de emprego e chora por não conseguir ingresso para jogo do Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Júnior disse que tinha uma entrevista de emprego nesta quinta-feira (14), mas preferiu ir tentar doar sangue para ganhar o ingresso, porém, perdeu os dois.

Uma verdadeira multidão de torcedores compareceu nesta quinta-feira (14) na Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam) para participar da campanha de doação  de sangue em troca de ingressos para o jogo entre Brasil e Uruguai, que acontece hoje, na Arena da Amazônia. Porém, nem todos conseguiram sair satisfeitos do local, foi caso do desempregado Júnior Santos, de 24 anos, que faltou a uma entrevista de emprego para tentar a sorte de conseguir um ingresso.

Em entrevista ao Portal Amazonas Atual, o rapaz disse que tinha uma entrevista de emprego em uma empresa financeira na manhã de hoje, mas que preferiu ir doar sangue para ganhar o ingresso e assistir ao jogo da seleção brasileira, porém, ao chegar ao local, por volta das 8h, soube que a quantidade de pessoas já estava esgotado.

“Eu perdi uma entrevista de emprego só para estar aqui. Quando chega aqui não tem mais ingresso. Eu queria reivindicar ao senhor governador do Estado Wilson Lima para liberar mais ingressos para o povo porque o povo fica se matando aqui no sol, perde entrevista de emprego, perde compromissos para estar aqui”,  disse Júnior, revoltado.

Ainda segundo ele, o grande sonho era ver os jogadores da seleção jogando. “Meu sonho era estar na Arena vendo aqueles jogadores que eu sempre vejo pela televisão”, relatou.

Distribuição de ingressos

O Governo do Amazonas anunciou na noite dessa quarta-feira (13) a doação de mil ingressos da campanha “Vacina Premiada”. Estes ingressos não foram resgatados pelos torcedores que foram sorteados e por isso, o governador decidiu fazer a distribuição.

Dos mil ingressos, 300 foram doados para a FHemoam e 700 para 1 emissoras de TV e rádio, para que fossem sorteados aos telespectadores e ouvintes. Revoltado, o desempregado questionou a forma como o governador fez a distribuição. “Governador, ao invés de o senhor ter dado para a imprensa os 700 ingressos, por que não dá para o pessoal aqui?”.

Estoque cheio

Em apenas 1h20 o estoque da fundação ficou esgotado. Desde o momento do anuncio do governo, torcedores foram para a frente do prédio para conseguir as primeiras vagas e garantir o ingresso do jogo. Ainda ontem essas pessoas receberam fichas e na manhã de hoje, retornaram para fazer a triagem médica para a doação.

Um doador antigo da FHemoam também esteve no local e não concordou com a forma como foi feita a distribuição. “Eu já doo sangue há muito tempo, mais de 10 anos. E achava que tinha que ter um mimo para quem já doa há muito tempo. Acho que 80% das pessoas que estão aqui vieram a primeira vez”, criticou.

Centenas de pessoas foram ao local para tentar ganhar ingresso para o jogo – Foto: Reprodução/ Atual

Leia Também