Subprocurador do Texas chama Simone Biles de vergonha nacional para os EUA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O subprocurador-geral do estado do Texas, Aaron Reitz, publicou um texto em uma rede social na terça-feira (27), o texto ele chamava a atleta Simone Bilesde uma mulher infantil e de ser uma vergonha nacional para os Estados Unidos, segundo o “Washington Post”.

A história começou com uma publicação de um canal conservador em uma rede social de uma cena das Olimpíadas de 1996, em Atlanta: Kerri Strug competiu mesmo com lesões e garantiu a medalha de ouro para os EUA.

Apesar de não haver nenhuma citação, a mensagem era claramente uma indireta a respeito do caso de Simone Biles, que deixou competições das Olimpíadas de Tóquio por questões de saúde mental.

O canal conservador publicou um texto em que dizia que “os grandes encontram uma forma”.

Reitz, o subprocurador-geral do Texas, afirmou então: “[É um] contraste com Simone Biles, nossa vergonha nacional, egoísta e infantil”.

Leia Também