COB diz que vai à esfera jurídica contra CBF pelo não uso de agasalho em pódio

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O Comitê Olímpico do Brasil afirma que vai acionar a esfera jurídica após a decisão da seleção de futebol de não usar o agasalho oficial do Time Brasil no pódio das Olimpíadas de Tóquio. Jorge Bichara, diretor de esportes, afirma que o COB está satisfeito com o desempenho esportivo, mas voltou a criticar condução da CBF no caso.

O COB está satisfeito com o desempenho do futebol, conquistamos o bicampeonato olímpico. Estamos extremamente satisfeitos com a performance da equipe, mas lamentamos a atitude dos atletas no pódio. Lamentamos a atitude da Confederação Brasileira de Futebol na condução do caso. Agora, ele sai da esfera esportiva e entra em uma esfera jurídica que vai ser inserida pela área jurídica – disse Bichara, em coletiva de imprensa de balanço do COB em Tóquio.

Presidente do COB, Paulo Wanderley disse, porém, que não haverá um corte na premiação dos jogadores por conta do ato no pódio.

Leia Também