Escola suspende aulas após ameaça de bomba em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

 A Escola Municipal Dr Paulo Nery, que fica no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus, passou por inspeção de emergência após uma aluna encontrar um bilhete com ameaças de atentado. A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP -AM), por meio do Departamento de Prevenção à Violência (DPV), atuou de maneira emergencial, na sexta-feira (2). A ameaça ocorreu na quinta-feira (1).

A ameaça foi constatada falsa, mas palestras foram ministradas para tranquilizar e minimizar os danos causados pelo falso aviso. O DPV conta com profissionais especializados em Psicologia e Assistência Social e é responsável pelo trabalho preventivo da SSP-AM nas escolas e comunidades de todo o estado.

De acordo com o coordenador de ações do DPV, João Ricardo, foi realizado um serviço de acolhimento com apoio da assistência social, além do acionamento de policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) para reforçar a segurança no entorno da escola.

De acordo com o coordenador de ações do DPV, João Ricardo, foi realizado um serviço de acolhimento com apoio da assistência social, além do acionamento de policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) para reforçar a segurança no entorno da escola.

“Assim que soubemos da história de ameaça nos dirigimos até a escola e primeiramente fizemos o acolhimento dos alunos. Posteriormente investigamos a ameaça e constatamos que ela não existia, se tratava de um alarme falso, mas prontamente acionamos a 30ª Cicom, que reforçou o patrulhamento na área”, informou o coordenador.

Leia Também