Xuxa fala sobre desejo por outras mulheres e homofobia no Brasil: ‘Acredito no amor entre as pessoas’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Em entrevista, a apresentadora criticou o governo Bolsonaro e falou sobre amor e respeito ao próximo.

A apresentadora Xuxa Meneghel, de 59 anos, concedeu uma entrevista reveladora para a edição argentina da revista “Caras”. Nela, ela falou se já sentiu desejos por mulheres, condenou a homofobia e contou sobre os planos para o futuro.

Dentre os assuntos abordados na entrevista, um chamou a atenção pela resposta da eterna rainha dos baixinhos. Quando perguntada se já sentiu atração por mulheres, Xuxa disse que “Não, nunca. Mas não acho difícil. Porque acredito no amor entre as pessoas, e sei eu se eu amasse uma mulher, todos que me amam verão isso como algo muito mais natural, como deveria ser com todos”, revelou.

Sobre os homofóbicos, Xuxa declarou. “No momento o Brasil estamos voltando anos e mais anos. A política do meu país é a pior, e nós, brasileiros vamos pagar caro para não tirar do governo essas pessoas com discursos racistas e homofóbicos”, disse ela.

Dentre os sonhos, a apresentadora revelou que tem um grande desejo pessoal, e ele dependera de Sasha, sua filha. “Tenho muita vontade de ser avó e ver minha filha muito feliz no trabalho e na vida amorosa”, comentou.

Quando perguntada sobre posar nua agora, com 59 anos, a apresentadora revelou que poderia sim voltar a fazer trabalho nu, mas com todo cuidado. “Eu já fiz e faz muito tempo. Quando eu tinha idade e corpo. Hoje sua uma mulher grande, mas gosto de tirar fotos que normalmente não tiro no dia a dia. Se aparecer uma oportunidade de fazer algo artístico, bonito, que ainda não fiz, com todo o cuidado, para não me expor, pode ser. Não preciso fazer por dinheiro ou porque não gosto de mostrar meu corpo de senhora. Eu insisto: faria se fosse algo diferente e com todo o cuidado do mundo”, disse ela.

Leia Também